Guiné-Bissau: Líder comunitária confirma fim da mutilação genital feminina

Binta Mandjam, líder das mulheres de Cutiá, no norte da Guiné-Bissau, garante que naquela comunidade “há muito que não se pratica o fanado”, como é conhecida a prática da mutilação genital.

Deutsche Welle: DW.com – Português para África
#cplp http://goo.gl/G5Wwfp

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s